segunda-feira, novembro 24, 2008

O enigma do som do telemóvel

Para mim o som do telemóvel é um enigma. Cada vez mais sinto a necessidade de localizá-lo ligando de outro telefone, pois não me lembro onde o deixei. E acontece que ele toca, toca, e eu ando feita doida à sua procura, sem conseguir perceber de que lado vem o som.


É exactamente para issso, para descobrir de onde vêm os sons que temos dois ouvidos. O cérebro humano localiza os sons comparando os momentos da sua chegada (fases) e as intensidades das ondas acústicas que partem de uma mesma fonte e que chegam aos dois ouvidos. Estas diferenças de fases e de intensidades resultam da diferente distância entre os dois ouvidos e a fonte sonora.

Quando a fonte sonora está localizada à nossa frente os sons atingem os dois ouvidos ao mesmo tempo e exercem forças iguais nas superfícies receptoras do ouvido que transmitem a informação ao cérebro. Pelo contrário quando a fonte sonora está mais deslocada para a direita, por exemplo, as ondas sonoras atingem o ouvido esquerdo ligeiramente mais tarde que o ouvido direito; são também menos intensas à esquerda do que à direita porque estão um pouco mais dispersas e também porque uma parte foi absorvida ou reflectida pela cabeça.



Para mim é um enigma pois eu tenho duas orelhas e dois ouvidos exactamente porque a evolução favoreceu esta anatomia para podermos perceber onde se encontram as fontes sonoras. Se tivéssemos apenas um ouvido poderíamos reconhecer os sons mas seríamos incapazes de localizar com precisão a sua origem, encontar o bebé que chora ou fugir de um rugido de leão.

Mas há sons que nos confundem, como o som estereofónico, em que os sons têm a mesma intensidade e são emitidos simultaneamente pelos dois auscultadores o que resulta num som fantasma que parece ter origem no interior da nossa cabeça. Quando o volume do som é diminuido de um dos lados e a sua emissão retardada o som conjunto vai deslocar-se para o ouvido oposto.

O cérebro detecta as diferentes fases e intensidades acústicas, combinando a informação resultante para localizar o som, através de um grande número de etapas sucessivas em que as informações de fase e de intensidades são tratadas separadamente por circuitos paralelos que não convergem senão mais tarde, num mecanismo chamado de fusão binaural. Aí, entendemos de onde vem o som.

Então por que tenho dificuldade em localizar o telemóvel que toca? Poderia pensar que seria apenas eu a ter essa dificuldade, mas constato que pessoas minhas conhecidas também a têm.

Continuo confusa!

Imagens:1, 2, 3

5 Comentários:

Blogger montse disse...

Gracias una vez más por todo el calor que siempre dejas en tus amables comentarios!!
Respecto al tuyo, intento comprender el texto, pero no lo entiendo al cien por cien y seguro que me pierdo algo interesante porque los temas que tratas son para pensar... Qué lástima!!
Un abrazo muy fuerte desde Barcelona.

26/11/2008, 07:44:00

 
Blogger Concha disse...

Os nossos ouvidos, são orgãos realmente impressionantes.
Captam todos os sons,traduzem essa informação para o cérebro de maneira mecânica, e é incrível a
velocidade com que acontece!
...e, uma curiosidade as aranhas possuem pelos nas patas, para detectar os sons.Será que os homens com muitos pelos nas orelhas ouvem melhor?
Também eu, ando sempre à procura do telemóvel.

Um grande abraço!

26/11/2008, 19:02:00

 
Blogger BaBy_BoY_sWiM disse...

Estou a ter a cadeira de acustica e audiologia e uma médica fez o teste de estarmos de olhos fechados e amachucar uma folha e não se conseguia localizar o som... Apesar de ser feito mesmo no cimo da cabeça...

E isso ter a ver por termos duas orelhas que "procuram" localizar o som em qualquer lugar e por vezes tem as suas falhas devido à maneira como se propagam as ondas que é de forma sinusoidal e chegam aos ouvidos dessa maneira e em certos lugares distorce essa onda o que dificulta localizar...

02/12/2008, 19:19:00

 
Anonymous a outra disse...

ora uma sugestão simples...amarrar o telelé ao pescoço...

19/01/2009, 04:17:00

 
Anonymous a outra disse...

os homens nao ouvem ...
por muito que lhes cresça pelos nas orelhas... eles sao mesmo suuuurrrdos.........

19/01/2009, 04:24:00

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial